Notícias

Prefeituras irão fornecer sacos plásticos para a coleta de materiais recicláveis

27/10/2019

Com o início da operação do Aterro Sanitário Intermunicipal Nascentes do Pantanal em Mirassol D’Oeste, os municípios consorciados, com apoio do Consórcio do Complexo Nascentes do Pantanal e FUNASA, implementaram a campanha de educação ambiental para a Coleta Seletiva, e os resultados são surpreendentes.

 

Com a separação dos resíduos na origem em duas frações, Limpos e SECOS: recicláveis e ÚMIDOS: orgânicos e não recicláveis, é grande o volume dos materiais reciclados que chegam às Centrais de Triagem, operadas pelas associações de catadores, volume que aumenta dia a dia com adesão crescente da população em separar para reciclar e também em preservar o meio ambiente destinando corretamente os resíduos gerados.

 

O Prefeito Paulo Remédio, Presidente do Consórcio, destacou que o resultado é fruto do trabalho e dedicação dos membros dos comitês municipais de educação ambiental, professores e agentes de saúde que levam a mensagem com orientação de como separar o lixo para reaproveitamento dos materiais recicláveis.

 

Em mais uma etapa do projeto de educação ambiental para a Coleta seletiva, as Prefeituras Municipais, com apoio do Consórcio e FUNASA, irão fornecer sacos plásticos para o acondicionamento dos materiais recicláveis. O propósito da ação é incentivar ainda mais a adesão ao projeto separar para reciclar, e que mais e mais unidades residenciais e comerciais possam fazer a separação dos resíduos antes da disposição para a coleta.

 

Cada unidade, domiciliar ou comercial, irá receber 2 sacos para acondicionar os materiais recicláveis que deverão estar limpos e secos, colocando tudo junto: papel, papelão, plásticos, vidro, latas, caixa de leite ou seja todo tipo de material que estiver limpo e seco poderá ser enviado para a coleta seletiva, “Na dúvida, se estiver limpo e seco colocar no saco de recicláveis. No meio dos materiais recicláveis, certamente haverá muitos materiais que não são recicláveis, mas estes serão separados pelos catadores nas centrais de triagem e a eles será dada a destinação correta”, esclareceu o Secretário Executivo do Consórcio, Dariu Antonio Carniel.

 

Para se ter um aproveitamento e reaproveitamento maior dos sacos distribuídos, será preciso ter alguns cuidados para evitar rasgar ou romper o saco, acondicionado os materiais com cuidado de forma que evite o rompimento do saco e que possa caber uma quantidade maior de material. Quando este estiver cheio, observe o dia da coleta na sua rua e apenas nesse dia, na primeira hora, coloque para a coleta. As unidades que disporem corretamente os sacos com materiais recicláveis para a coleta, sem sujeira e sem rasgar, irão receber outro saco que será deixado no momento da coleta, assim pretende-se dar uma vida útil maior a esse material que será de distribuição única.

 

A separação dos resíduos na origem em SECOS: recicláveis e ÚMIDOS: orgânicos e não recicláveis é política OBRIGATÓRIA nos municípios consorciados. Assim, as unidades domiciliares e comerciais que ainda não estão separando o lixo receberão, inicialmente, algum tipo de alerta para que possam fazer corretamente.

 

Participam do projeto junto ao Consórcio do Complexo Nascentes do Pantanal os municípios de Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Figueirópolis D’Oeste, Glória D’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D’Oeste, Mirassol D’Oeste, Porto Esperidião, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu e São José dos Quatro Marcos.

 

Mais informações sobre a COLETA SELETIVA acesse: http://www.nascentesdopantanal.org.br/administracao/coleta-seletiva

Assessoria do Consórcio Nascentes do Pantanal.

 

Parceiros

Enquete

Nada cadastrado!