Notícias

GOVERNO FEDERAL ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 8,9 MILHÕES PARA POTENCIALIZAR A PISCICULTURA NA REGIÃO DO COMPLEXO NASCENTES DO PANTANAL

20/02/2014

Os investimentos foram divulgados pelo Ministério da Integração / SUDECO no Portal Brasil no último dia 19.

 

A estruturação da cadeia produtiva do pescado receberá investimento de R$ 8,9 milhões, do Ministério da Integração Nacional (MI), para a construção de tanques destinados à criação de peixes no Complexo Nascentes do Pantanal, no sudoeste do Mato Grosso. Parte do Projeto Rotas de Integração Nacional, a ação visa o desenvolvimento regional e a inclusão socioeconômica da piscicultura nos mercados nacional e internacional de produção, consumo e investimento.

 

O recurso será distribuído em etapas, entre elas a de escavação de três mil tanques, que devem beneficiar 600 aquicultores diretos e 1.200 indiretos. Também serão realizados cursos de capacitação para 1.730 produtores, treinamento de 40 técnicos, que darão assistência aos produtores e, por último, o processamento e comercialização do pescado.

 

Segundo a secretária de Desenvolvimento Regional do MI, Adriana Alves, a região do Pantanal tem grande potencial produtivo de peixe, o 6º maior familiar do País, o que justifica o investimento. "Visamos a impulsionar o mercado, potencializando a cultura local como principal ferramenta. A ideia é diversificar as alternativas de produção e usar as áreas improdutivas dos municípios, para gerar emprego e renda para a população", conta a secretária.



A estimativa do projeto é gerar mais de 185 mil empregos diretos e indiretos. A ação deve contemplar 14 municípios, entre eles Araputanga, Cáceres, Curvelândia, Figueirópolis D'Oeste, Glória D'Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari D'Oeste, Porto Esperidião, Mirassol D'Oeste, Rio Branco, Reserva do Cabaçal, Salto do Céu e São José dos Quatro Marcos. Mais de 600 famílias serão beneficiadas.

 

As espécies de peixes cultivadas na região para comercialização são Pacu, Tambacu, Tambaqui, Pintado ou Surubim, Tambatinga, Piavuçu e Piraputanga. "A diversidade de espécies comercializadas também potencializa o processo de expansão do mercado da piscicultura no Pantanal. Temos um número expressivo de espécies e inúmeras oportunidades de ampliar os Arranjos Produtivos Locais", garante Adriana Alves.

 

O Secretário Executivo do Consórcio, Dariu Antonio Carniel, está em Brasília participando de oficina para a construção do PRDCO - Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste. Amanhã, dia 21, o Secretário participa de reunião técnica, na Secretaria de Desenvolvimento Reginal no Ministério da Integração, para ajustar o projeto de investimentos na cadeia produtiva da piscicultura. 

 

http://www.brasil.gov.br/infraestrutura/2014/02/2018integracao2019-investe-r-8-9-milhoes-para-potencializar-piscicultura

Parceiros

Enquete

Carregando...

O que achou do novo visual?

Excelente

Bom

Ruim